Há 10 anos o MST lidera a produção de arroz orgânico da América Latina

O MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra é há 10 anos o maior produtor de arroz agroecológico da América Latina, com colheita de 15 mil toneladas de arroz cultivados de maneira agroecológica no Rio Grande do Sul, beneficiando 296 famílias gaúchas em 14 assentamentos. O cultivo principal é das variedades de arroz cateto e agulhinha e a maior parte da produção é para o mercado interno.

“A nossa produção orgânica é uma alternativa, onde a vida das pessoas e o cuidado com a natureza estão acima do lucro”, lembra Marildo Mulinari, do setor social organizativo da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados da Região de Porto Alegre (Cootap).

Além do arroz, esses mesmos agricultores familiares já assentados também produzem mais de 20 mil sacas de sementes não-transgênicas por ano para comercialização no mundo todo. 

Organizados em 22 cooperativas, todos esses agricultores foram destaque na BBC por adotarem a agrofloresta para produção. Com lucratividade, sem o uso de agrotóxicos e também sem a dependência da compra desses venenos de fabricantes estrangeiros, eles produzem o arroz de mais alta qualidade do Brasil.

Saiba mais:

Há 10 anos o MST lidera a maior produção de arroz orgânico da América Latina – MST: https://bit.ly/3CIuaBIComo o MST se tornou o maior produtor de arroz orgânico da América Latina – BBC: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-39775504

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.