Matas da Floresta Amazônica

Os encantos da Amazônia! Conhece a diferença das matas dos terrenos baixos próximos aos rios, das planícies de inundação e da terra firme?

Nos terrenos baixos, temos a MATA DE IGAPÓ, que é a palavra em tupi que os indígenas nos ensinaram para descrever o “rio de raízes”. Nos IGAPÓS vivem plantas hidrófilas, de crescimento constante e lento. Algumas áreas escondem árvores submersas de até 20m de altura! Durante o período de inundação, essas árvores que tramam o igapó descansam. Num passeio de canoa, encontramos vitórias-régias, tachis, buritis, mamoranas, mucuris, orquídeas, bromélias… E muitas outras formas de vida e mistério!

Nas planícies de inundação, encontramos a Mata de Várzea. O solo é rico, a cheia traz muitos nutrientes. Lá moram árvores de médio e grande porte como andirobas, seringueiras, copaíba e até as majestosas samaúmas.

A terra firma ocupa a maior área da floresta, guardando árvores com até 50m de altura! O dossel impede a penetração da luz do sol e também guarda a umidade.

Saiba mais:

Composição da Floresta Amazônica – Brasil Escola: https://bit.ly/2S4PFI8

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.