Emissões só crescem

As COPs até hoje são encenações teatrais que fingem controlar o aumento das emissões de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. Como a maioria dos atores que contracenam nos palcos das COPs são patrocinados ou favorecidos pelas empresas de petróleo, suas falas não trazem soluções para reduzir a exploração e consumo das companhias, mas impedem a ação climática verdadeira.

Conhecida como a curva de Keeling, o gráfico “Três décadas de COP” é criado a partir de medições sistemáticas feitas no Observatório de Mauna Loa, no Havaí, desde 1958. Como fica claro, apesar dos alertas científicos, os tomadores de decisão nas negociações climáticas não tem atuado em defesa do clima e da vida no planeta.

Este ano, batemos recordes de temperaturas globais, eventos climáticos extremos e de emissão dos gases de efeito estufa. Muitos movimentos e organizações ligadas ao clima e à ciência cobram uma postura mais transparente das cúpulas climáticas e explicações para a falta de ação concreta.

A COP deste ano tem sido um balcão de negócios, como uma feira do petróleo, e não uma reunião por mudança para salvar comunidades ameaçadas. A coalisão global #KickBigPollutersOut (aliança que reúne mais de 450 organizações pelo clima no mundo todo) conseguiu analisar a lista de passes para a cúpula e descobriu que os lobistas dos combustíveis fósseis receberam 2456 passes. Isto representa mais entradas para os poluidores que para todos os delegados dos dez países mais vulneráveis ​​ao clima combinados (1509).

É hora de acabar com a capacidade dos grandes poluidores escreverem as regras da ação climática, de uma vez por todas. Junte-se à aliança #KickBigPollutersOut. Sem indignação, não há mudança.

Saiba mais:
Kick Big Polluters Out: https://kickbigpollutersout.org

PoluidoresFora #PollutersOUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *