Cantareira está com o menor nível desde 2015

O nível do Sistema Cantareira não consegue mais se recuperar desde a Crise Hídrica de 2014-2015. A represa Jaguari, a primeira da cadeia, está muito baixa e já com grande parte do fundo descoberto, apresentando um solo seco e rachado como há 7 anos. A situação é preocupante, apesar da Sabesp e seus acionistas alegarem que está tudo sob controle.

O sistema Cantareira abastece sozinho 7 milhões de pessoas: moradores de toda zona norte e centro da capital paulista, além de Francisco Morato, Franco da Rocha, Caieiras, Cajamar, Osasco, Carapicuíba, Jaguaré, Butantã, Ipiranga e São Caetano do Sul.

Moradores da zona norte de SP já reclamam da falta de água à noite, depois das 10h. Também denunciam que o hidrômetro continua girando, como se houvesse água, cobrando por vento. Na Barra Funda, a mesma situação se repete há meses.

A Sabesp confirmou em nota que tem diminuído a pressão à noite para reduzir as perdas em vazamentos. Ora, para reduzir perdas em vazamentos, façam a manutenção na tubulação antiga da companhia.

Saiba mais:

Situação dos Mananciais: https://mananciais.sabesp.com.br/Situacao

Nível do Sistema Cantareira é o menor dos últimos 7 anos – Jornal Hoje – jun/22: https://globoplay.globo.com/v/10645778/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.