Crise elétrica

Especialistas do setor hídrico e energético foram chamados para seminário na Câmara dos Deputados com o objetivo de avaliar o que levou o país ao colapso energético. Em reportagem do portal da Câmara (com o vídeo da sessão), eles afirmaram que houve má gestão dos reservatórios das usinas hidrelétricas do país. O ex-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA) disse que aconteceu uma “ação irresponsável” do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que controla a operação das hidrelétricas, pois o órgão deveria ter acionado outras matrizes energéticas muito antes. A inação do governo teria, segundo ele, “provocado artificialmente o esvaziamento dos reservatórios e uma explosão no preço da tarifa”. 

Outra questão é a falta de investimento do país em políticas de eficiência energética. Países emergentes como China e Índia têm investido pesado em tecnologia para usar menos energia. Aqui no Brasil usamos equipamentos que são muito ineficientes, ou seja, que gastam muito para fazer pouco. Por exemplo, um estudo do Instituto Escolhas mostra que o Brasil poderia economizar 130 TWh de eletricidade nesta próxima década somente com a mudança para geladeiras modernas. Usamos um tipo de geladeira que não é usada mais em lugar nenhum, que consome muita energia desnecessariamente. É importante lembrar que 98% das casas têm geladeiras. Outros maquinários pesados da indústria também poderiam ser mais eficientes e essa modernização de equipamentos pouparia energia. 

Saiba mais:

Crise hídrica é resultado de má gestão dos reservatórios das usinas, dizem debatedores – Agência Câmara de Notícias: https://bit.ly/3zeFHEi

Lançamento de estudo: “o que você ganha com uma geladeira que consome menos energia?” – Instituto Escolhas: https://bit.ly/386fXOu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.