Coca-Cola seca nascentes em Minas

Coca-Cola seca nascentes em Minas

Será mesmo que “a maior fábrica verde do sistema Coca-Cola no mundo”, como a própria multinacional chama sua unidade em Itabirito, rebaixou o volume dos lençóis freáticos desde o início das atividades de produção de refrigerantes e água?

Segundo denúncia da Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente de 2018 sim: a tal “Fábrica da Felicidade” está secando ou reduzindo significativamente a vazão de todas as nascentes do rio Paraopeba, do monumento natural da Serra da Moeda e do rio das Velhas.

A Coca-Cola afirma que tem licenças para funcionamento e nega que o bombeamento de 125 m3/h não estão interferindo nas nascentes. O Ministério Público do estado já está acompanhando o caso, mas ainda não se manifestou.

Saiba mais:

“Biólogos acusam Coca-Cola de secar nascentes em Minas Gerais” – Deutsche Welle, 04/06/2018: bit.ly/3b3QpDH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.