Cerrado é hotspot

O Cerrado é um “hotspot” de biodiversidade e, por isso, sua preservação deve ser uma prioridade do governo. Este tema já caiu no Enem e devido à crise hídrica e contínua destruição do bioma o tema tende a cair novamente. 

O que é considerado “hotspot”? É quando uma área natural sofre elevadas ameaças de extinção, tendo já perdido mais de metade de sua vegetação original e tendo milhares de espécies endêmicas em risco de desaparecer. Este é o caso do Cerrado: o desmatamento avassalador do bioma e o monocultivo industrial tem destruído nascentes, rios, florestas, fauna e flora. 

Governo, polícia, justiça, imprensa, população, todos sabem quem está por trás de toda essa destruição. O agronegócio está ano a ano arrasando o bioma e toda a biodiversidade única. 

Já são mais de 18 milhões de hectares só com o monocultivo de soja para exportação. Não é só a soja que exportamos, também nossa água. O agronegócio tem apostado na impunidade e controle do governo para ignorar que 8* das 12 principais bacias hidrográficas do país nascem no cerrado. Resultado: a caixa d’água do país está num hotspot e o Brasil enfrenta sua pior crise hídrica.

* Bacias do Paraná, Paraguai, Bacia do Parnaíba, Atlântico Leste, Atlântico Nordeste Oriental, São Francisco, Amazônica e Tocantins-Araguaia.

Saiba mais:

UOL Vestibular – O que a destruição do cerrado tem a ver com a crise hídrica no Brasil? – https://bit.ly/3ETAgNJ

Cerrado responde por quase um terço de toda área desmatada no Brasil em 2020 – https://bit.ly/3mXXX0Y

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.