Agricultura climaticamente inteligente – ACI

O conceito Agricultura Climaticamente Inteligente – ACI (CSA, da sigla em inglês) foi introduzido pela FAO em 2010, desta forma, a Aliança Global para Agricultura Climaticamente Inteligente –Global Alliance for Climate Smart Agriculture (GACSA)– foi lançada oficialmente durante a COP24, em novembro de 2014. 

A ACI é uma proposta de transformação e reorientação dos sistemas agrícolas, que ainda apoia somente as grandes empresas do agronegócio. Embora o conceito seja promovido como uma forma eficaz de garantir a segurança alimentar no contexto das mudanças climáticas, a ACI visa deslocar a agricultura camponesa e familiar –e, ao mesmo tempo, acabar com os conhecimentos e técnicas agrícolas tradicionais, cuidados e manutenção de variedades de sementes nativas, vivenciadas e praticadas por camponeses desde tempos remotos– e monopolizar a água, ocupando terras e gerando dependência de agroquímicos e sementes transgênicas controladas por corporações. 

Por isso, os movimentos e organizações camponesas e os que se opõem a falsas soluções às mudanças climáticas a denunciam, pois só aumenta os lucros e o controle do agronegócio, assim como promove outras falsas soluções como os mercados de carbono.

Baixe o Glossário da Justiça Climática:

bit.ly/GloJustClima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.