Refugiados do clima

Mais e mais pessoas estão sendo forçadas a migrar devido a desastres e mudanças repentinas no clima. A população de pessoas deslocadas internas (dentro de seus países), deslocadas externas (refugiadas) e apátridas (aquelas sem cidadania em qualquer país) está crescendo em número.

Podemos encontrar pessoas afetadas pelos efeitos violentos da crise climática –como monções, deslizamentos de terra, secas, inundações e furacões– em qualquer lugar do mundo, porém, os impactos são desproporcionais em países vulneráveis, em conflito ou onde os Grandes Poluidores têm significativas dívidas ecológicas ou sociais. Esses países requerem maior apoio.

Pessoas idosas, mulheres e crianças são as mais afetadas entre aquelas em situações de vulnerabilidade, deslocamento e migração forçada.

Saiba mais:
Glossário Ilustrado da Justiça Climática: www.arvoreagua.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *