Dicionário do saneamento básico

Precisamos nos apropriar de termos complexos usados por companhias de saneamento, governo, políticos quando estes falam sobre o que pretendem fazer para levar abastecimento de água e fazer coleta/tratamento de esgoto de todas as casas do país. Muitas vezes, o vocabulário complexo esconde o descaso e a falta de ação concreta dessas companhias e do governo. 

O novíssimo “Dicionário de Saneamento Básico: Pilares para uma Gestão Participativa nos Municípios”  é dividido em duas partes: uma para pensar coletivamente a elaboração participativa dos planos municipais de saneamento básico; outra com experiências para a implantação participativa dos planos municipais de saneamento. 

A publicação contou com a participação de sanitaristas de todo o país e foi coordenado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) durante a capacitação comunitária. O objetivo é qualificar e aperfeiçoar a gestão pública do saneamento e ajudar a elaborar planos municipais de saneamento para pequenos municípios, com população de até 50 mil habitantes. 

Disponível em PDF para distribuição gratuita no portal ResearchGate. 

Saiba mais: 

Dicionário de Saneamento Básico: pilares para uma gestão participativa nos municípios: https://bit.ly/3wFMCHB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.